OS MÚSICOS DO ESPETÁCULO “CIDADE CHEIA DE GRAÇA”

O maestro Daniel Martins

Muito antigamente as sessões de cinemas e apresentações teatrais tinham músicos tocando ao vivo para abrilhantar ainda mais aqueles momentos. Isto está sendo resgatado no nosso espetáculo “Cidade CHEIA de Graça” com a participação de parte dos músicos integrantes da Orquestra Filarmônica Jovem Camargo Guarnieri (veja detalhes abaixo).

& nbsp;O público tem o prazer de ouvir o romântico violino de Camila Picasso, o gostoso violão de Cassiano Sampaio, a inspiradora viola de Luana C. Chacon, o doce clarinete e clarone de Edinei Favaretto e o imponente violoncelo de Natália Bueno. Todos sob a batuta do maestro Daniel Martins, que também fez os arranjos e adaptações das músicas do espetáculo e por várias semanas ensaiou o nosso elenco.

Daniel é violoncelista, professor de diversos conservatórios e apresenta talento com diversos instrumentos. Estudou com grandes músicos, tendo como seu grande mentor o violoncelista polonês Zigmunt Kubala. A experiência acumulada como músico determinou sua atividade como regente. Nesta caminhada, adquiriu técnicas de regências com professores que são referência no Brasil, como Muriel Waldiman e o atual orientador Maestro Carlos Moreno. Internacionalmente, participou de master classes com Marosi e Kurt Mazur. Realizou concertos como solista na Sala São Paulo junto à Orquestra do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo, onde foi professor.  Lecionou também nos Conservatórios Villa-Lobos e Souza Lima, além do extenso trabalho sociocultural no Projeto Guri. Foi integrante de diversos grupos artísticos como: Trio Allegro, Orquestra de Cordas Laetare, Cameratta Allegro, Orquestra Municipal Jovem de São Paulo, Orquestra Jovem de Guarulhos e Orquestra Filarmônica de São Caetano do Sul.

Hoje, Daniel à frente da Orquestra Filarmônica Jovem Camargo Guarnieri da Universidade Metodista de São Paulo, realiza intenso trabalho com os jovens músicos e na formação de talentos na Região do ABC.

A ORQUESTRA

No ano de 2009, a Universidade Metodista de São Paulo abriu as portas para a Filarmônica Jovem Camargo Guarnieri, e hoje,  proporciona aos 57 jovens músicos da Orquestra bolsa auxílio para que possam vivenciar a arte e desenvolver seu talento. O apoio transcende a educação musical. E os concertos têm sempre um caráter didático, com explicações e curiosidades das peças e seus compositores.

Os jovens, vindos de diversas regiões do Grande ABC e São Paulo, têm a oportunidade de mostrar aos seus familiares e comunidade o seu valor social e profissional, além do resultado de intensos ensaios. Com a infraestrutura e ampla divulgação da Universidade, os Concertos Abertos chegam aos “ouvidos” de outros jovens, crianças, adultos, pais, mães e pessoas de todas as idades.  Sendo realizados todo último domingo de cada mês; e sempre com repertório variado e recheado de novidades!

Diversão e livre acesso à música são palavras-chave desta jovem Orquestra, regida pelo Maestro Daniel Martins, que vem mudando a rotina das manhãs de domingo. O formato dos concertos é desenhado de forma que o contexto de cada música possa, mais do que contado, ser sentido pelos ouvintes.
 
FONTE: Blog oficial da Orquestra Filarmônica Jovem Camargo Guarnieri 

Deixe uma resposta